CALENDÁRIO

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

RELATÓRIO DE TURMA

RELATÓRIO DE TURMA  1° BIMESTRE SÉRIE  ANO

Os alunos tiveram grandes avanços no nível de escrita e já conseguem produzir pequenos textos de diferentes gêneros textuais como: bilhetes, histórias com seqüências de gravuras e trechos de contos de fadas, convites...

Ocorrem, ainda, muitos casos de hipo e hipersegmentação, o que é normal nessa fase. Faremos um trabalho direcionado para sanar essa dificuldade.

No terceiro bimestre intensificaremos o trabalho com produção de diferentes tipos de textos seguidos de reescritas no intuito de refletirmos sobre a ortografia, o uso da maiúscula, a separação das palavras ao final da linha, a pontuação, a formatação do texto, a clareza de idéias e a seqüência cronológica. Enfim, tornar o texto belo e fácil de ler e de entender visto que produzimos textos para que outros os leiam.

Noto que os alunos não temem experimentar, não sentem medo de escrever e isso, ao meu ver, é muito importante para que prossigam nessa aprendizagem. As atividades de escrita, com função real, tem auxiliado muito na aprendizagem porque os alunos se lançam ao desafio com muito entusiasmo.

Durante todas as atividades procuro fazer intervenções pontuais e lançar desafios para que reflitam sobre a própria escrita e comparem com a escrita dos amiguinhos.

Quanto à leitura, sinto que alguns alunos ainda demonstram insegurança e mesmo dificuldade. Tenho motivado a leitura diariamente e pretendo trabalhar ainda mais para que tenham mais autonomia, que compreendam o que lêem e, principalmente para que desenvolvam o hábito de ler diferentes tipos de textos com diferentes finalidades em uso real.

Muitos alunos já estão se disponibilizando para fazer leitura em voz alta para a turma. Isso me deixa feliz porque motivam os demais também. No próximo bimestre vou incentivá-los a ler pequenos poemas para as demais salas. Isso, com certeza, irá gerar muitos avanços e a motivação irá aumentar consideravelmente.

Ao final do segundo bimestre tenho dado tarefas para executarem em casa. Tarefas que já trabalhamos em sala de aula e que os alunos conseguem realizar sozinhos. Esse trabalho tem por objetivo, além da fixação da aprendizagem, que o aluno desenvolva a responsabilidade, a disciplina de estudo e a autonomia. Vejo que muitas crianças recebem orientações em casa na execução das atividades outras, porém, trazem sempre a lição por fazer.

Durante o bimestre trabalhamos com os projetos: TUDO BEM SER DIFERENTE; POESIA QUE ENCANTA; TURMA DA MÔNICA; MEIO AMBIENTE E LEITURA DE DIFERENTES GÊNEROS TEXTUAIS.

O empréstimo de gibis da Turma da Mônica e de revistas Recreio aos finais de semana foi constante. Na sala de aula os alunos também ficaram à vontade para ler gibis, revistas e livros durante uma atividade e outra.

Para a leitura diária realizada pelo professor procurei escolher obras que estivessem de acordo com a faixa etária, que prendessem a atenção das crianças, ampliassem o vocabulário e principalmente que fossem modelos de textos bem escritos nos quais as crianças pudessem encontrar subsídios para a escrita de seus próprios textos.

Sempre realizamos interpretação oral dos textos lidos e fazemos discussões sobre os mesmos. Falamos também sobre os títulos e ilustrações.

Nas rodas de conversa procurei priorizar as discussões sobre temas ligados a Ciências, História e Geografia, porém, os fatos do cotidiano, as notícias jornalísticas e acontecimentos importantes sempre estiveram presentes.

Durante todo o desenvolvimento das atividades busquei lançar desafios para que as crianças refletissem sobre a própria escrita e leitura e que comparassem com as de seus amiguinhos. As intervenções ocorreram durante todas as atividades na busca de avanços no nível de escrita.

Alguns alunos precisam de uma atenção especial. O xxxxxx deixa de realizar as atividades de classe porque se desconcentra com muita facilidade, qualquer movimento externo tira sua atenção. Apesar de ser um aluno alfabético e realizar as atividades sem necessidade de orientações individuais é necessários que lhe chamemos a atenção para a tarefa a realizar a todo o momento senão não a realiza.

O xxxxxxx é uma criança que tenta chamar a atenção de todos à todo momento. Seu comportamento é muito infantil, provoca os demais alunos.

xxxxxx,xxxxxx, xxxxxxx e xxxxxxx também são alunos que preciso estar sempre orientando quanto ao comportamento porque extrapolam com facilidade. Não é nada que fuja ao controle, apenas são alunos que tem mais energia contida e tentam extravasar. Esse comportamento também se apresenta nos intervalos, nas aulas de Educação Física e nas aulas de Arte.





SUGESTÕES DE PALAVRAS E EXPRESSÕES PARA USO EM RELATÓRIOS
Você pensa
Você escreve
O aluno não sabe
O aluno não adquiriu os conceitos, está em fase de aprendizado.
Não tem limites
Apresenta dificuldades de auto-regulação, pois…
É nervoso
Ainda não desenvolveu habilidades para convívio no ambiente escolar, pois…
Tem o costume de roubar
Apresenta dificuldade de autocontrole, pois…
É agressivo
Demonstra agressividade em situações de conflito; usa meios físicos para alcançar o que deseja
É bagunceiro, relaxado, porco
Ainda não desenvolveu hábitos próprios de higiene e de cuidado com seus pertences.
Não sabe nada
Aprendeu algumas noções, mas necessita desenvolver…
É largado da família
Aparenta ser desassistido pela família, pois…
É desobediente
Costuma não aceitar e compreender as solicitações dos adultos; Tem dificuldades em cumprir regras.
É apático, distraído
Ainda não demonstra interesse em participar das atividades propostas; Muitas vezes parece se desligar da realidade, envolvido em seus pensamentos.
É mentiroso
Costuma utilizar inverdades para justificar seus atos ou relatar as atitudes dos colegas
É fofoqueiro
Costuma se preocupar com os hábitos e atitudes dos colegas.
É chiclete
É muito afetuoso; demonstra constantemente seu carinho…
É sonso e dissimulado
Em situações de conflito coloca-se como expectador, mesmo quando está clara a sua participação.
É preguiçoso
Não realiza as tarefas, aparentando desânimo e cansaço. Porém logo parte para as brincadeiras e outras atividades.
É mimado
Aparenta desejar atenções diferenciadas para si, solicitando que sejam feitas todas as suas vontades.
É deprimido, isolado, anti-social
Evita o contato e o diágolo com colegas e professores preferindo permanecer sozinho; Ainda não desenvolveu hábitos e atitudes próprias do convívio social.
É tagarela
Costuma falar mais que o necessário, não respeitando os momentos em que o grupo necessita de silêncio.
Tem a boca suja
Utiliza-se de palavras pouco cordiais para repelir ou afrontar.
Possui distúrbio de comportamento
Apresenta comportamento fora do comum para sua idade e para o convívio em grupo, tais como…
É egoísta
Ainda não sabe dividir o espaço e os materiais de forma coletiva.


Nome do aluno: xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Data de nasc.
Nome da Professora: Série: º ANO A Data

Observações: O aluno xxxxxxxxxxxxxxx apresenta resultado abaixo do esperado aos padrões da maioria do grupo etário-escolar a que pertence.

É um aluno assíduo e que demonstra interesse pelo estudo. A mãe acompanha o seu desenvolvimento escolar, assim como as atividades extra-classe. Começou a ficar mais organizado há pouco tempo, antes apresentava sinais de disgrafia, hoje sua grafia está mais legível, realiza as atividades em sala, assim como as tarefas de casa, mas não com autonomia.

No decorrer do ano, apresentou dificuldades em tomar a iniciativa (relação parental?). Exemplo: Ao entregar a ele uma folha com atividade para ser realizada, mesmo sendo capaz de fazer, e com a professora explicando à frente da sala, ele espera e não realiza. Sempre aguarda que alguém lhe dê as orientações de forma individual. No início do ano apresentava tiques com as mãos, estes pararam desde que começou a ser acompanhado pela neurologista (medicação?).

Apresenta problemas na escrita em relação a trocas fonéticas e sons nasais jabuti(chabuti), ambiente (ãnbiente), goiabada (coiabada), pijama (bichama), dengoso (temcoso) (fonoaudióloga?).

É um aluno leitor, está em um projeto de recuperação contínua, diariamente é retirado da sala para ser acompanhado por uma professora em um grupo de 5 alunos. Apesar de relatar oralmente sobre o que fala o texto, apresenta dificuldades na localização de informações simples quando são formuladas perguntas em relação a estes textos.

Apresenta dificuldades no raciocínio lógico, na realização de operações e na elaboração de situações problema. Demonstra que não compreendeu a tabuada, o que certamente dificulta a realização das operações de multiplicação e divisão.

Possui uma boa audição e ritmo musical, acompanha e guarda com facilidade letras de músicas. Possui dificuldades em realizar atividades psicomotora, tais como: pular corda, virar cambalhota (peso?).

Senta na primeira carteira, próximo à professora, porém se desconcentra com facilidade, se atendo a detalhes que não fazem parte do contexto da aula ou mexendo em alguns objetos pessoais. Sempre é necessário chamar a sua atenção para o assunto da aula.

É um aluno que se relaciona bem com os colegas da sala e da escola, assim como com os adultos, respeitando-os e tratando a todos com educação.

Sem mais,

Nenhum comentário:

Postar um comentário