CALENDÁRIO

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

PROJETO: BRINCANDO COM AS CORES

PROJETO: BRINCANDO COM AS CORES
Objetivos Gerais: *Ampliar o conhecimento de mundo;
*Explorar os diferentes objetos e materiais gráficos, plásticos, etc, descobrindo
novas formas de manuseio, percebendo características, efeitos e propriedades diversas.
*Interessar-se pelas próprias produções, pelas de outras crianças e pelas diversas obras artísticas (regionais, nacionais ou internacionais, com as quais entrem em contato).
 *Contato e Produção de trabalhos de arte que privilegiam diferentes linguagens expressivas como as do desenho, na modelagem, da pintura e da construção.
*Desenvolver o gosto, o cuidado e o respeito pelo processo de reprodução e criação. Objetivo especifico; Propiciar a criança à visualização, exploração, contato e manuseio de diversos objetos que compõem o universo e às cores, possibilitando a criança identificá-las. Conteúdos: -Exploração da expressão e da comunicação por meio de práticas artísticas, propiciando o desenvolvimento e a criação pessoal; -Percepções visuais dos objetos, cor, forma, material, visando desenvolver a capacidade interpretação desse objeto (obra de arte) e identificação, de seus produtores através, de características comuns; Procedimentos: 1ª Parte: - Observar em todo o C.E.I, interno e externo, a diversidade de cores e qual a que se destaca mais, e as crianças mais gostam; (as roupas das cças, etc.); -Ouvir a música Arco íris (Xuxa), acompanhando o ritmo com o material da bandinha; -Registrar por meio de desenho, o que mais chamou a atenção da criança na música; -Folhar revistas e observar o que mais lhes chama a atenção; -Confeccionar mural com figuras escolhidas pelas crianças; -Pedir aos pais que mandem uma fruta de casa, para fazer uma salada de frutas.(explicar aos pais o objetivo da solicitação); -Fazer uma salada de frutas junto com as crianças e usar as cores trabalhadas; -Levar, as crianças a observar as cores de tinta que temos e perguntar como fazer para ter mais cores, usando apenas as que temos; -Deixar a criança misturar as cores de tinta a seu critério e observar as cores novas que descobriu; -Falar as crianças, sobre o arco-íres se sabem o que é, quem já viu; -Fazer massa de modelar nas cores do arco-íres; -Confeccionar um arco-íres com as crianças e pedir ou convidar os pais para ajudar.
2ª Parte: -Conversar com as crianças sobre as cores da natureza e seres vivos (peixes, mar e conchinhas). -Organizar um aquário na sala com um peixinho; -Escolher um nome para o peixinho; -Explicar as crianças quais os cuidados que devemos ter com peixinho e como proceder; -Dividir a tarefa de cuidar do peixinho com as crianças; -Criar dia da visita do peixinho; -Explicar aos pais, o objetivo da atividade e solicitar autorização para que a criança leve o peixinho para passar uma noite em sua casa ou um fim de semana; -Realizar um sorteio em sala e colocar em um cartaz, o roteiro do peixinho, para que as crianças possam saber quando será sua vez de levá-lo para casa. 3ª Parte: -Ouvir a música "Aquarela", -Reproduzi-la, e organizar painel em seqüência. -Organizar turmas para: -Uma para dramatizar á música. -Outra para confecção do material a ser utilizado; -Outra para acompanhar a dramatização com a bandinha. 4ª Parte: -Escolher com as crianças uma obra de um pintor famoso e observá-la; -Criar com a ajuda dos pais um ambiente apropriado para pintura com cavaletes e avental, tintas, pinceis, etc. -Incentivar a criança a reproduzir parcial ou total a obra; -Realizar exposição das obras produzidas. Avaliação: Observar a participação e interesse da criança nas atividades propostas, bem como sua iniciativa e criatividade.
Esconde-esconde na Banheira
Como vamos precisar de um personagem fictício para descrever nossa atividade, Este será uma menina que vai se chamar Vitória. Vitória está em sua banheira batendo na água com as duas mãos. Sua Mãe ou Pai, está sentado ao lado da banheira, cuidando de sua segurança.
"Vitória, Vitória," se diz enquanto se pega uma toalha de banho. "Você está pronta para nossa brincadeira especial?" Vitória olha para cima e vê o sorriso estampado no rosto do adulto ali presente. Ela sorri para ele e dá uma gargalhada. Ele diz: "Vamos brincar de Cadê-você," e coloca a toalha na frente do seu rosto, de modo a escondê-lo dela. Vitória estende a mão e toca no alto da cabeça dele. O adulto diz, "Cadê-você, Vitória, não consigo ver você." Ele baixa um pouco a toalha de modo que seus olhos fiquem à vista. Vitória dá um grito de alegria. Ele cobre seus olhos outra vez e diz, "Cadê-você, Vitória... ainda não consigo ver você." O Adulto pega a toalha e leva na direção dela dizendo, "Agora é sua vez Vitória." Ela pega a toalha e coloca-a na frente do seu próprio rosto, imitando-o. O adulto então dirá: "Onde está Vitória?" Vitória derruba a toalha na banheira deixando-se ver, e bate com as mãos agitando a água. Ela balbucia para o adulto: "Dadadada. Dabababa." Ele diz, "Acho que você está dizendo que está cansada de brincar de Esconde-esconde. Vamos brincar com seu Patinho e sua esponja?" Como muitos bebês, Vitória está aprendendo sobre linguagem, da seguinte forma:
* Ela sabe que é divertido brincar com outra pessoa.
* Ela levanta os olhos quando o adulto diz o seu nome.
* Ela sorri quando o adulto sorri para ela.
Eis como o responsável pela criança, ajuda no desenvolvimento de sua linguagem:
* Falando com ela durante uma atividade diária - Que pode ser A hora do banho;
* Dizendo seu nome várias vezes, de modo que ela se familiarize com o mesmo e aprenda a reconhecê-lo quando alguém o pronunciar;
* Repetindo várias vezes a brincadeira, e então encorajando ela quando diz, "agora é a sua vez de jogar!"
* Respondendo aos seus balbucios como se soubesse o que ela está dizendo.
RETIRADO DO BLOG DICAS PEDAGOGICAS CRIS SOUZA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário